Ao vivo Rádio Atual FM
16.2 C
Concórdia

Câmara de Vereadores contabiliza R$ 823 mil de gastos em diárias nos últimos nove anos em Concórdia

ALEX PACHECO
Alex é jornalista na Atual FM desde 2012. Escreve principalmente sobre política e assuntos da região oeste de Santa Catarina.
SIGA EM: icon_facebook

A mídia eletrônica tem se tornado uma grande aliada da população quando o assunto é gestão pública. O compartilhamento de informações é rápido e muitas vezes as publicações anônimas acabam pegando muitos políticos de surpresa. Nessa semana, algumas montagens obrigaram os vereadores de Concórdia – pelo menos alguns – se manifestarem sobre os gastos com as polêmicas diárias.
Inclusive, foi compartilhado pelas redes sociais gastos em diárias do prefeito Rogério Pacheco (PSDB) e do vice Edilson Massocco (PR).
De janeiro de 2017 a dezembro de 2017, o Portal Transparência da Câmara de Vereadores de Concórdia aponta para um custo de R$ 91 mil em diárias. Os maiores gastos são mesmo dos vereadores com viagens à Brasília para contato com lideranças políticas e membros do Governo Federal.
Os números de 2017 estão disponíveis 24 horas no site oficial da Câmara de Veadores de Concórdia
ANDERSON GUZZATTO…………………………….8.347,11
ANDRÉ RAMOS RIZELO…………………………….6.145,97
ARTEMIO ORTIGARA………………………………..3.016,08
CLAITON CASAGRANDE……………………………5.953,64
CLOSMAR ZAGONEL…………………………………9.984,63
EDNO GONÇALVES…………………………………..8.887,87
EVANDRO PEGORARO………………………………548,38
JADERSON MIGUEL PRUDENTE………………..4.112,85
MARILANE FIAMETTI STUANI………………………2.193,52
MAURO ACIR FRETTA……………………………………5.091,10
VALCIR ZANELLA…………………………………………..7.128,93
Ainda fazendo alguns levantamentos junto ao Portal Transparência é possível apurar que desde 2008 quando os valores começaram a ser publicados na internet a Câmara de Vereadores teve um custo de R$ 823 mil em diárias.
GASTOS POR ANO
2008 –  R$ 83 mil.
2009 –  R$ 105 mil.
2010 –  R$ 108 mil.
2011 –  R$ 85 mil.
2012 –  R$ 66 mil.
2013 –  R$ 81 mil.
2014 –  R$ 122 mil.
2015 –  R$ 93 mil.
2016 –  R$ 80 mil.
2017 –  R$ 91 mil.
Muitas propostas já foram discutidas para evitar gastos considerados “excessivos” com as polêmicas diárias em Câmaras de Vereadores. Por enquanto, EU ainda não consegui pensar em uma fórmula mais justa. Também entendo que os vereadores precisam articular pleitos em Brasília junto aos deputados e representantes do Governo Federal. A participação em eventos e congressos até pode ser contestado, mas as viagens são inevitáveis. Essa discussão me parece que será “eterna”
Lembro que quando o assunto é diárias no serviço público é preciso ter sempre equilíbrio e muito cuidado. Os exageros precisam SIM ser coibidos. Lembrando que no começo do ano a Câmara de Vereadores de Concórdia aprovou a redução nos valores das diárias para viagens no Estado e fora de Santa Catarina.
VEJA ABAIXO AS MONTAGENS QUE CIRCULAM PELO WHATAPP E FACEBOOK
IMG-20180105-WA0031 IMG-20180105-WA0030 IMG-20180104-WA0048

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta