Ao vivo Rádio Atual FM
17.5 C
Concórdia

Câmara de Vereadores rejeita projeto do subsídio e tarifa do transporte público continuará em R$ 8,00

Concórdia – Em uma votação realizada nesta segunda-feira, dia 15, na Câmara de Vereadores de Concórdia, houve a rejeição do Projeto de Lei sobre o subsídio da tarifa do transporte público municipal.

As bancadas de oposição votaram pela rejeição da proposta, PL, MDB e PT. O único vereador de oposição no PL à favor do subsídio foi Jaderson Miguel.

Como houve um empate o presidente da Câmara de Vereadores, Fábio Ferri, deu o voto de “minerva”, rejeitando a proposta de subsídio de R$ 3,5 milhões para manutenção da tarifa em R$ 4,50.

Com isso, a tarifa permanecerá inalterada, mantendo-se em R$ 8,00.

A discussão ocorreu depois de outros subsídios já repassados à empresa que totalizaria nos últimos dois anos, cerca de R$ 7 milhões, somando a previsão para 2024 no Projeto de Lei rejeitado.

Os vereadores Fabiano Caetano e Wagner Simioni lamentaram a posição das bancadas do PT, MDB e PL em rejeitar o Projeto de Lei. Também indicaram que alternativas poderão ser analisadas, porém é muito difícil mudar o cenário, já que a empresa está em condição econômica difícil.

O presidente da Casa, Fábio Ferri, disse que a Câmara de Vereadores, pelo menos boa parte dos vereadores, defende a tarifa zero para o transporte público municipal. Nesse sentido, cobra da Gestão Pública um encaminhamento nesse sentido para que seja feita uma análise por parte dos parlamentares.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta