Ao vivo Rádio Atual FM
16.2 C
Concórdia

Chacina: Justiça de Ipumirim deve decidir em poucas semanas se dupla irá a júri popular

Arabutã – A Justiça de Comarca de Ipumirim deve se manifestar nas próximas semanas com relação a sentença de pronúncia que irá levar ou não dois acusados de envolvimento na chacina de Guaraipo, interior de Arabutã, ao julgamento através do tribunal popular do júri.
Na última semana, houve mais uma audiência no Fórum de Ipumirim com a presença dos acusados. Um deles está preso em Chapecó e outro está preso em Concórdia. Os dois estariam envolvidos no crime e foram denunciados pelo Ministério Público.
Um menor já está cumprindo medida socioeducativa no CASEP de Concórdia no bairro Fragosos. De acordo com o advogado de um dos acusados depois de interrogadas testemunhas e os suspeitos e concluir a parte de instrução do processo haverá as alegações finais.
Depois disso, ficará sob responsabilidade do juiz da Comarca de Ipumirim decidir se levará ou não os dois suspeitos ao banco dos réus. O assassinato de mãe e filha no interior de Arabutã causou uma comoção forte em toda a região.
As duas foram assassinadas dentro do quarto do imóvel com disparos a queima roupa. O crime ocorreu no dia 30 de março de 2016. Valdir Danenhauer que também estava na casa no momento da ação conseguiu sobreviver depois de ter sido ferido na cabeça.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta