Ao vivo Rádio Atual FM
10.6 C
Concórdia

Edilson Massocco assume o comandado da Prefeitura de Concórdia por três dias

Concórdia – Até a próxima quinta-feira, 22, Edilson Massocco será o prefeito em exercício de Concórdia. Ele recebeu o cargo na tarde do último sábado, 17, antes da viagem do prefeito Rogério Pacheco a Brasília. Na capital federal, Pacheco cumprirá agenda em diversos ministérios, além de fazer contatos e apresentar pleitos no Congresso Nacional, que compreende o Senado e Câmara Federal. A retransmissão de cargo está marcada para a quinta-feira, às 8h, no gabinete do prefeito.
Até lá, Massocco estará à frente do município, dando continuidade aos principais trabalhos e atendendo as demandas de Concórdia.
Pacheco, que optou em não participar da Marcha dos Prefeitos a Brasília, no último mês, leva agora à capital federal diversos pleitos do município. Ele estará no Ministério da Saúde, Educação, das Cidades, Integração Nacional, Turismo e Agricultura. Também irá buscar a liberação de recursos, por meio de emendas parlamentares. Os principais assuntos em pauta durante a permanência em Brasília são: Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Defesa Civil, ações para contenção de cheias, asfaltamentos urbanos e rurais, dentre outros.
O prefeito de Concórdia também prestará apoio ao movimento em torno da aprovação (pelo Senado) do Projeto de Lei Complementar 315/2009, que trata da ampliação do repasse de valores referentes a recursos hídricos. Com a redução recente de aproximadamente 30% do valor, Concórdia deixará de receber em torno de R$ 2 milhões ao ano. Caso o projeto seja aprovado, o repasse aumentaria em 44%. Com isso, além de recuperar os 30% de queda, o município receberia mais 14% do valor, que é repassado pelo governo federal. (ASCOM/Prefeitura de Concórdia)
pre pre1

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta