Ao vivo Rádio Atual FM
22.9 C
Concórdia

Exclusivo: MPSC denuncia a "máfia do caixinha" por fraudes em licitações

Seara – Dois homens, um de Santa Maria no Rio Grande do Sul e outro de Tubarão no Sul de Santa Catarina, foram denunciados pelo Ministério Público de Seara nessa sexta-feira, dia 29, por fraude em licitação e leilão em prefeituras da região. O promotor Michel Eduardo Stechinski, da Comarca de Seara, antecipa que não há servidores públicos envolvidos no esquema mantido pela conhecida “máfia do caixinha”.
De acordo com a apuração do Ministério Público, a “máfia do caixinha” é uma organização criminosa que age no interior do Estado. Eles participam de leilões de prefeituras e, por meio de grave ameaça e oferecimento de vantagem indevida, objetivam afastar os licitantes da concorrência, principalmente em leilões de bens inservíveis.
A Promotoria Pública conseguiu apurar ainda que o “bando” age de forma combinada apresentando um lance mínimo estabelecido no edital e, após a arrematação, recompensam financeiramente os licitantes que desistem da concorrência e apresentam valor mínimo.
Um dos casos denunciados pelo Ministério Público ocorreu em Arvoredo. No dia 29 de julho de 2011, a dupla esteve participando do certame quando agiram para comprar um trator e um caminhão. Eles ofereceram dinheiro para que um dos interessados pelos equipamentos não apresentasse nenhum lance e ainda tentaram pressionar com ameaças.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta