Ao vivo Rádio Atual FM
17.4 C
Concórdia

Futebol do Brasil pode ficar fora dos Jogos Olímpicos da França

Ednaldo Rodrigues(Presidente da CBF)

O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma nesta quarta-feira, 24, o julgamento de um conjunto de ações sobre o poder de investigação criminal do Ministério Público.

Uma das ações que  a Corte vai debater é sobre a permanência do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, no cargo.

Ele havia sido afastado por uma decisão do Tribunal de Justiça do Rio mas depois foi restituído a partir de liminar do Ministro Gilmar Mendes do STF. Neste caso, os ministros vão decidir se mantém ou não a decisão do decano.

Caso o afastamento estabelecido pelo TJRJ seja considerado válido, uma nova eleição para a escolha do presidente será marcada. Já se os magistrados optarem pela permanência de Ednaldo no cargo, ele cumpre o mandato até 2026.

Para um resultado favorável ao presidente da CBF, são necessários seis votos ao todo, o que representa a maioria simples dos ministros. Ou seja, mais cinco magistrados precisam seguir o voto de Gilmar Mendes que justificou que a retirada do dirigente poderia acarretar na seleção brasileira fora dos Jogos Olímpicos de Paris, o que classificou como risco de prejuízo “iminente”.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta