Ao vivo Rádio Atual FM
21.2 C
Concórdia

Laudo do IML sugere traumatismo facial e de crânio como causa da morte

Concórdia – A Polícia Civil de Concórdia deve receber nas próximas horas o laudo do Instituto Médico Legal sobre a morte de André Paulo Fabrício. No documento do IML, o legista Ronaldo Freitas atribui como causa da morte traumatismo craniano facial e traumatismo crânio encefálico. Ele ressalta que os traumas foram provenientes de chutes violentos, exercidos com muita força. Todas as lesões graves estão na região da cabeça, o que foi determinante para a morte. O crime aconteceu na manhã de domingo no Bairro Santo Marcon. Houve o desentendimento entre a vítima e os agressores Gabriel Maciel e Robson Cordeiro, ambos recolhidos no Presídio Regional de Concórdia à disposição da Justiça.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta