Ao vivo Rádio Atual FM
11.6 C
Concórdia

MPSC denuncia casal pelo duplo assassinato no dia 1º de janeiro em Treze Tílias

Treze Tílias – A 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Joaçaba protocolou esta semana uma denúncia contra os acusados pelo homicídio de Reginaldo Giovani Tonet e Marisa Mergener.

O casal foi brutalmente assassinado a tiros dentro de sua residência, logo após retornarem de uma festa de Réveillon na madrugada de 1º de janeiro.

As investigações apontaram para um crime de natureza familiar, supostamente motivado por conflitos relacionados a questões hereditárias. A irmã do empresário teria supostamente arquitetado o plano para a morte do casal, contando com a participação de seu companheiro, que teria sido o executor dos homicídios utilizando uma pistola de uso restrito.

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) busca que os acusados sejam julgados e condenados pelo Tribunal do Júri, levando em consideração a relação familiar com as vítimas e a maneira cruel como os crimes foram cometidos.

Quatro qualificadoras foram apontadas nas denúncias dos homicídios: motivo torpe, uma vez que os assassinatos teriam sido motivados por conflitos relacionados a questões patrimoniais; emboscada, já que o réu teria aguardado as vítimas nas proximidades da residência, atacando-as de forma repentina e inesperada; emprego de meio cruel, pois o réu teria aterrorizado o casal, perseguindo-os pela casa e efetuando disparos de forma intermitente para prolongar o sofrimento; e utilização de arma de fogo restrita.

Além disso, o MPSC também solicita o reconhecimento do feminicídio, argumentando que a cunhada foi vítima de violência doméstica e familiar devido à relação familiar com os réus – cunhada de um deles e concunhada do outro.

A denúncia ainda abrange o crime de porte ilegal de arma de fogo, uma vez que, após o homicídio, o executor teria fugido e ocultado a pistola, que não foi encontrada pelas autoridades.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta