Ao vivo Rádio Atual FM
17.7 C
Concórdia

MPSC deve protocolar nova ação, agora de improbidade, por compra de votos em Castello Branco

Presidente Castello Branco – O Ministério Público em Concórdia ingressará nos próximos dias com uma ação de improbidade administrativa contra um ex-vereador de Presidente Castello Branco.

Na área crime, ele já foi condenado durante o período eleitoral de 2020, quando era vereador objetivando beneficiar o prefeito e vice cassados na época.

Conforme apuração feita pelo Ministério Público, ele teria oferecido a um casal, por duas vezes, o valor de R$ 20 mil para que eles e os filhos se abstivessem de votar no dia da eleição.

O ex-vereador teria ido até a casa dos eleitores por pelo menos quatro oportunidades e oferecido dinheiro pago em mãos ou depósito em conta bancária.

Nesse caso, o promotor Fabrício Pinto Weiblen, responsável pela 4ª Promotoria de Justiça, decidiu pelo encaminhamento de ação civil por ato de improbidade administrativa. Se condenado o autor poderá até ficar proibido de exercer cargo público e pagar multa.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta