Ao vivo Rádio Atual FM
20 C
Concórdia

Exclusivo: MPSC ingressa com nova ação civil pública contra a Casan

Concórdia – O Ministério Público de Concórdia ingressou com uma nova ação civil pública contra a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) em função das condições precárias da coleta e tratamento de efluentes no bairro Santa Rita. De acordo com levantamentos, ficou comprovado que a Estação de Tratamento de Esgoto encontra-se abandonado sem a devida manutenção por parte da companhia estatal.
Durante fiscalização ficou ainda comprovado que a tubulação responsável pelo “transporte” do esgoto sanitário até o sistema de tratamento está trancada/interrompida causando despejo de esgoto diretamente no solo em meio a uma vegetação.
Segundo os autos a Estação de Tratamento de Esgoto no bairro Santa Rita foi construída há 25 anos e é de responsabilidade da Casan o serviço de coleta e tratamento de esgoto. A promotora Débora Pereira Nicolazzi – na ação civil pública – manifestou preocupação com a poluição do solo e a questão de saúde pública e bem estar da população que reside na área.
Nesse sentido, ela protocolou a demanda judicial pedindo a adoção de todas as medidas que se forem necessárias para regularizar a situação que envolve o esgotamento sanitário. Além disso, a Casan seja proibida de descartar esgoto a céu aberto pela inoperância do sistema de tratamento.
A Promotoria Pública ainda está pedindo a implementação de um novo projeto para coleta e tratamento dos efluentes e em caso de descumprimento a Casan seja multada.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Siga a Atual FM

290,148FãsCurtir
39,789SeguidoresSeguir

Em Alta