Ao vivo Rádio Atual FM
12.4 C
Concórdia

Mulher presa por maus-tratos em Capinzal é suspeita de ter cometido o mesmo crime em 2021

Capinzal – A jovem de 23 anos presa pela Polícia Civil na quarta-feira, dia 05, por maus-tratos de um cachorro que morreu, é suspeita de ter cometido o mesmo crime em 2021, segundo uma denúncia do Ministério Público, mas na época os cães foram resgatados com vida.

Em 31 de agosto de 2021, uma denúncia informava que a mulher mantinha dois cães presos em cordas curtas, inclusive um deles praticamente enforcado, abandonados há vários dias sem água, comida e cuidados em uma residência na Vila Sete de Julho, em Capinzal. Na época, os animais foram resgatados e o filhote estava em situação precária, inclusive com vermes e pulgas.

Já neste ano de 2024, na quarta-feira, dia 05 de junho, após uma denúncia, um médico-veterinário e a Polícia Civil constataram que um cachorro que a mulher cuidava estava morto. Desta vez, o fato foi registrado no Loteamento Santa Terezinha, em Capinzal. Os policiais prenderam em flagrante a jovem e ela aguarda a audiência de custódia.

Em decisão durante audiência de custódia no início da tarde desta quinta-feira, dia 06, o juiz Caio Lemgruber Taborda decidiu pela prisão preventiva da mulher de 23 anos.

Bernardo Souza

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta