Ao vivo Rádio Atual FM
18.4 C
Concórdia

O Jornalismo esportivo catarinense está de luto: morreu Maceió

O jornalistas Joel Ferreira do Nascimento, o Maceió, morreu nesta quinta-feira (14) em Joinville. Ele trabalhou por mais de 40 anos no jornal A Notícia com uma das colunas mais importantes do Estado.

Maceió tinha 80 anos e estava internado desde 7 de setembro e faleceu por complicações de uma pneumonia. Há alguns anos Maceió já estava fora da mídia. Ele foi diagnosticado com Alzheimer em 2019.

Clubes catarinenses, entidades jornalísticas e ex-leitores lamentaram a perda de Maceió.

Maceió, nascido em São Francisco do Sul no dia 5 de maio de 1943, cravou seu nome na história do jornalismo esportivo catarinense como um verdadeiro mestre da profissão. Seu estilo único de contar as histórias do esporte conquistou não apenas leitores, mas também atletas e personalidades esportivas, que viam em suas palavras uma paixão genuína pelo esporte.

Ele cobriu eventos esportivos de destaque, como as Olimpíadas de Atlanta em 1996 e a Copa do Mundo de 1994, ambos nos Estados Unidos. Suas palavras em textos e comentários eram inspiradas, inclusive, em grandes nomes do esporte brasileiro, como Gustavo Kuerten, o eterno Guga.

Além de sua atuação como jornalista, Maceió também foi responsável por criar e coordenar o troféu “O Jornaleiro”, que premiava os destaques esportivos de Santa Catarina. O evento se tornou uma referência e atraiu a presença de renomados nomes do esporte nacional, como Zagallo, Romário e Zico.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta