Ao vivo Rádio Atual FM
25.7 C
Concórdia

Pior ano da história: Crise afeta emprego e Concórdia encerra -722 postos de trabalho em 2016

Concórdia – O ano de 2016 foi o pior em geração de emprego em Concórdia na história, segundo os dados do Ministério do Trabalho e Emprego. De janeiro e dezembro foram demitidos em Concórdia -722 trabalhadores. Esse número é de profissionais que foram demitidos e depois não conseguiram mais entrar para o mercado de trabalho. Os dados foram divulgados pelo Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados.
O segmento da prestação de serviço foi o maior responsável pelas demissões em Concórdia. Em 12 meses a prestação de serviço fechou -649 postos formais de trabalho. A construção civil também contribuiu para os números negativos encerrando 2016 com o fechamento de 228 postos de trabalho.
O comércio e a indústria da transformação ainda conseguiram se manter com saldo positivo abrindo 63 e 88 postos de trabalho, respectivamente. A variação negativa na geração de emprego é de -2,72% na comparação com 2015.
Dezembro
O mês de dezembro também foi de retração no emprego de Concórdia com o fechamento de -535 postos de trabalho. Todos os empregosegmentos mais demitiram do que contrataram nesse período. A Administração Pública lidera as demissões encerrando o mês com -220. Na sequência ainda aparece a construção civil (-108), prestação de serviço (-96), indústria da transformação (-63), comércio (-50).
No total foram contratados 608 trabalhadores e demitidos -1.143.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta