Ao vivo Rádio Atual FM
25.6 C
Concórdia

Preso em Irani o suspeito pela morte de morte homem no município de Ponte Serrada

Ponte Serrada – Um jovem de 22 anos foi preso na tarde desta segunda-feira, dia 15, acusado de assassinar Fernando Lorenci Creslla, de 31 anos, na madrugada do último sábado, dia 13, no município de Ponte Serrada, no Oeste catarinense.

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão preventiva contra o suspeito que estava na casa do pai, em Irani, também no Oeste. O crime foi qualificado como homicídio por motivo fútil e com recurso que dificultou ou tornou impossível a defesa da vítima.

Investigação

O delegado Elder Arruda Chaves, responsável pelo caso, informou que o assassinato ocorreu por volta das 2h30 da madrugada de sábado. Segundo ele, Fernando teria feito uma cobrança financeira sobre uma venda de entorpecentes antes de ser esfaqueado.

O suspeito saiu do local da discussão, mas retornou minutos depois, portando uma faca, e agrediu a vítima com 5 golpes, nas regiões do tórax, antebraço e costas, fugindo em seguida.

A Polícia Militar foi acionada depois que Fernando deu entrada com ferimentos no Hospital Santa Luzia. Populares que passavam pelo local encontraram o homem caído e acionaram o Corpo de Bombeiros. Apesar de receber atendimento, ele não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade hospitalar.

Versão diferente

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o crime e conseguiu identificar o suspeito, representando pela prisão preventiva dele, com o pedido deferido pelo Judiciário.

Após a prisão, já na delegacia, o jovem apresentou uma versão diversa da contada por testemunhas, negando inclusive a dívida com o tráfico de drogas.

Ele foi levado para o Presídio Regional de Xanxerê, onde ficará à disposição da Justiça. O inquérito sobre o caso deve ser finalizado no prazo de até dez dias. (Oeste Mais)

 

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta