Ao vivo Rádio Atual FM
28.9 C
Concórdia

Servidores municipais de Concórdia querem ganho real neste ano

Concórdia – Com uma assembleia bastante acalorada os servidores públicos municipais de Concórdia se reuniram nesta quinta-feira, 11, no auditório do Sintrial para a realização da assembleia geral para aprovação da pauta de negociação salarial 2016/2017.
Com uma pauta bastante extensa, os servidores demonstraram bastante firmeza quanto às cláusulas específicas ou financeiras, como são mais conhecidas, que entraram em discussão. A maioria decidiu por um reajuste justo que contempla inflação do período mais 5% de ganho real e auxílio alimentação de R$ 200,00 mensais.
 
Para o presidente do Sindicato, Valdomiro Tafarel, as reivindicações dos trabalhadores são justas, “nós queremos uma negociação salarial justa, sem greve e sem enrolação, no entanto, esperamos que neste ano o trabalhador seja valorizado e tenha um aumento real, além da inflação”, afirma o Presidente.
Além das cláusulas financeiras, os trabalhadores também votaram pela melhoria e implementação de algumas cláusulas sociais como:
– O município juntamente com o sindicato elabore em conjunto um calendário dos pontos facultativos para 2016/2017.
– O sindicato tenha direito de participar nas reuniões dos Conselhos do SEMAS e IPRECON, com direito a voz e voto.
– O município custeie e disponibilize a vacina da gripe A (H1N1), até março de 2017, aos servidores que manifestarem interesse e não integrarem as faixas etárias da campanha de vacinação promovida pela Secretária da Saúde, com ampla divulgação em todos os locais de trabalho.
Segundo dados do Dieese, a arrecadação do Município não diminuiu em relação a 2014, de acordo com os números, a Administração Municipal tem condições de dar ganho real, já que o gasto com servidores está abaixo do limite prudencial (conforme Lei de Responsabilidade Fiscal).

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta