Ao vivo Rádio Atual FM
16.6 C
Concórdia

Sonegação de impostos: quase cinco anos de prisão para Carlos Ancelotti

Ministério Público da Espanha indicou nesta quarta-feira (06) quatro anos e nove meses de prisão para Carlo Ancelotti.

O treinador do Real Madrid  é acusado de fraudes fiscais na ordem de 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,3 milhões) em impostos sobre recebidos em direitos de imagem entre 2014 e 2015, na primeira passagem à frente da equipe espanhola.

Carlo Ancelotti, que regressou ao cargo de treinador do Real Madrid em 2021, não respondeu imediatamente a um pedido de comentário feito através do Real Madrid.

O Ministério Público acusa Ancelotti de fingir transferir os seus direitos de imagem a entidades sem atividade real fora de Espanha para evitar o pagamento de impostos.

“O Tesouro espanhol calculou o prejuízo incorrido tendo em conta rendas e rendimentos omitidos e reembolsos obtidos em 1.062.079 euros (386.361 euros no ano fiscal de 2014 e 675.718 euros no ano fiscal de 2015)”, acrescentou o procurador.

As autoridades espanholas perseguiram outras celebridades por suspeita de evasão fiscal, incluindo jogadores como Cristiano RonaldoLionel Messi Diego Costa.

Todos liquidaram e pagaram multas pesadas.

Em 2016, Lionel Messi foi condenado por fraude fiscal e multado para evitar pena de 21 meses de prisão.

Cristiano Ronaldo confessou-se culpado de fraude em 2019, e concordou em pagar uma multa de 19 milhões de euros.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta