Ao vivo Rádio Atual FM
23.3 C
Concórdia

Suspeito por matar homem com golpes de facão em Xanxerê é preso

Xanxerê – A Polícia Civil de Xanxerê cumpriu no final da tarde desta sexta-feira, dia 24, um mandado de prisão preventiva contra o acusado de assassinar José Vieira, de 53 anos, com diversos golpes de facão nesta semana. O crime ocorreu na última segunda-feira, dia 20, no bairro Vila Sésamo, em Xanxerê.

A Polícia Civil informou que o mandado foi cumprido no município de Ipuaçu, a cerca de 30 quilômetros de Xanxerê. O homem tem 27 anos e é acusado de homicídio qualificado. A polícia ainda destacou que ele foi identificado em menos de 24 horas após o crime.

Segundo apurado por meio de depoimentos, há poucos dias, autor e vítima discutiram em um velório em Xanxerê, por motivos fúteis, “o que parece ter motivado as injustas agressões que levaram a vítima a óbito no Hospital Regional São Paulo”, informou a polícia, em nota.

Após os procedimentos na Delegacia de Polícia Civil, o homem foi encaminhado para o Presídio Regional de Xanxerê, onde ficará à disposição da Justiça. O inquérito segue em andamento e deve ser concluído dentro dos próximos dias.

O crime

O homicídio ocorreu pouco depois das 16 horas da última segunda-feira, dia 20 de novembro. Conforme o Corpo de Bombeiros, a guarnição foi acionada para atendimento de uma vítima que havia sofrido agressões físicas. No local, a equipe encontrou o homem caído de lado, com diversos ferimentos lacerantes nos braços e nas pernas.

O Samu foi acionado, mas a ambulância estava com problemas mecânicos, então, a guarnição optou por encaminhar a vítima até o Hospital Regional São Paulo, onde o homem recebeu oxigênio e durante o transporte apresentou rebaixamento do nível de consciência.

Ao chegar na unidade, ele estava consciente, mas desorientado, com pulso fraco e pele pálida. A vítima chegou a receber atendimento médico, mas não resistiu e morreu no hospital. (Oeste Mais)

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta