Ao vivo Rádio Atual FM
10.3 C
Concórdia

Dois casos de zika vírus são confirmados na região de Xanxerê

Xanxerê – A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) de Santa Catarina divulgou na última quarta-feira (3) um novo boletim relacionado a casos de pessoas que contraíram zika vírus. Até o momento foram confirmados cinco casos de zika nos municípios de Braço do Norte, Brusque, Florianópolis e dois casos em Ipuaçu. Todos contraíram a doença em outros Estados, como Mato Grosso, Rio de Janeiro e Sergipe. Ainda há suspeita de dois casos em São Domingos a serem confirmados, também importados.
Conforme a bióloga e supervisora regional do Programa de Combate a Dengue da gerência Regional de Saúde de Xanxerê, Elizandra Schoenardie, o caso de Ipuaçu são duas mulheres, não gestantes, que teriam adquirido a doença no Mato Grosso. Elas teriam retornado ao município na segunda semana de janeiro, já passaram pelo tratamento e seguem bem.
– São duas mulheres, casos importados que viajaram para o Mato Grosso e depois que chegaram em Ipuaçu tiveram os sintomas. Esses casos já tem cerca de 15 dias que temos conhecimento.  A gente não fez diagnóstico laboratorial porque de acordo com a técnica da Dive, quando as pessoas viajam para áreas que está tendo casos da doença a gente faz diagnóstico clínico laboratorial com a história do paciente – explica Elizandra.
O secretário municipal de Saúde de Ipuaçu, Ivo de Freitas, salienta que no município há 21 focos do mosquito Aedes aegypti, por isso as agentes de saúde percorrem bairros e interiores para conscientizar a população sobre as doenças transmitidas pelo inseto.
– Estamos fazendo uma campanha, reunião nos bairros e interiores com a equipe da Vigilância e da Saúde buscando orientar o pessoal para evitar novos focos, porque estamos todos em alerta, a situação é bem preocupante – comenta o secretário.
No período de 1º a 30 de janeiro foram notificados 36 casos suspeitos de febre do zikavírus em Santa Catarina. Destes, cinco (14%) foram confirmados (4 pelo critério clínico-epidemiológico e 1 pelo critério laboratorial), 18 (50%) foram descartados e 13 (36%) permanecem em investigação.
O que é Febre do Zika Vírus?
É uma doença causada pelo vírus Zika (ZIKAV), transmitido pela picada do mesmo vetor da dengue, o Aedes aegypti, infectado. Pode manifestar-se clinicamente como uma doença febril aguda, com duração de 3-7 dias, geralmente sem complicações graves.
Segundo a literatura, mais de 80% das pessoas infectadas não desenvolvem manifestações clínicas. Porém, quando presentes, a doença se caracteriza pelo surgimento do exantema maculopapular pruriginoso, febre intermitente, hiperemia conjuntival não purulenta e sem prurido, artralgia, mialgia, edema periarticular e cefaleia. A artralgia pode persistir por aproximadamente um mês.
Fonte: Carol Debiasi/TSX

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta