Ao vivo Rádio Atual FM
19.2 C
Concórdia

Dois empresários de Concórdia condenados por supostas transações imobiliárias ilegais

Concórdia – Dois empresários de Concórdia foram condenados pela Justiça da Comarca de Concórdia após denúncia do Ministério Público e um suposto envolvimento em ilegalidades em transações imobiliárias.

No total, quatro faziam parte da denúncia da Promotoria Pública devido aos casos registrados entre os anos de 2011 e 2014 em Concórdia. Dois foram absolvidos e outros dois condenados criminalmente.

Um deles foi condenado ao cumprimento de cinco anos, dois meses e 12 dias de reclusão em regime inicialmente aberto. O outro foi condenado ao cumprimento de quatro anos em regime inicialmente aberto. A pena foi substituída por duas penas restritivas de direto.

A decisão proferida no final de janeiro ainda determina o perdimento de favor do Estado de alguns materiais apreendidos durante os levantamentos feitos pela Polícia Civil. Isso inclui, quatro pulseiras de ouro, um relógio e um montante em dinheiro.

Na época o Ministério Público estimou que os envolvidos tenham movimentado valores na ordem de R$ 80 milhões. A prática, segundo consta na denúncia, consistia na venda de um mesmo imóvel para vários compradores. Na investigação apurou-se que houve mais de 11 mil transações.

Como se trata de uma decisão de primeira instância cabe recurso junto ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina. A informação é de que as partes envolvidas e o Ministério Público devem ingressar com novas demandas em instância superior.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta