Ao vivo Rádio Atual FM
10.5 C
Concórdia

Ex-radialista de Piratuba será julgado hoje por tentativa de feminicídio

Piratuba – Um ex-radialista de Piratuba será julgado por júri popular nesta quinta-feira, 13, pela tentativa de feminicídio contra a ex-companheira. O crime ocorreu em dezembro de 2022, em Ipira. A sessão terá início às 9h, na Câmara de Vereadores de Capinzal.

Segundo a denúncia do Ministério Público, o casal manteve um relacionamento por cerca de um ano, encerrado em 2022. O acusado não aceitou o término e, na noite de 9 de dezembro de 2022, por volta das 22h35, foi à casa da ex-companheira para tentar uma reconciliação, mas foi rejeitado.

Ainda de acordo com o Ministério Público, o réu perguntou à vítima se ela não tinha medo da morte. Após ela pedir que ele deixasse a residência, o homem não obedeceu. A mulher então pegou seus pertences para sair de casa, momento em que ele a atacou no pescoço com uma tesoura. Após o crime, o acusado fugiu.

Na época, a mulher foi socorrida por vizinhos até a chegada do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar. Ela sofreu ferimentos graves e foi levada ao Hospital de Piratuba/Ipira, sendo posteriormente transferida ao Hospital São Francisco de Concórdia, onde passou por cirurgia e ficou internada por quatro dias na Unidade de Terapia Intensiva. Dias depois do crime, o réu se entregou na Delegacia da Polícia Civil de Ipira e segue preso no Presídio Regional de Joaçaba.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta