Ao vivo Rádio Atual FM
11.3 C
Concórdia

Mariane Telles: julgamento para jardineiro será nesta sexta-feira

Joaçaba – O promotor de justiça, Protásio Campos Neto, que vaia atuar na acusação do julgamento do jardineiro Vagner Fernandes do Nascimento, acusado pela morte de Mariane Telles, espera uma pena severa para o réu, que será submetido a júri popular por homicídio triplamente qualificado nesta sexta-feira (26), no Fórum da Comarca de Joaçaba.
Protásio destacou que estudou o processo que contem 42 depoimentos na fase policial, laudos e perícias. Para ele, o jardineiro não pode ser considerado réu confesso, pois apresentou várias versões durante a instrução e também em juízo, sempre negando o crime sexual. A defesa espera derrubar algumas qualificadoras para diminuir a pena do jardineiro. A sessão do Tribunal do Júri inicia às 9h.
O crime
O corpo de Mariane Telles foi encontrado por agricultores no dia 16 de abril de 2015, exatamente um mês após seu desaparecimento, em uma ribanceira em São João do Jacutinga, interior de Jaborá. O Jardineiro foi apresentado como autor no dia 15 de maio, após confessar o crime, ocasião em que o delegado pediu sua prisão temporária até a conclusão do inquérito, sendo transformada em prisão preventiva posteriormente. Mariane foi morta dentro do Senai, quando Vagner a levou até uma sala de depósito com a justificativa de comer sementes de girassol. Lá, ele asfixiou a jovem com um cordão de nylon, depois de tentar violentá-la. (Caco da Rosa)

 
 

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta