Ao vivo Rádio Atual FM
15.9 C
Concórdia

TJ mantém medida para adolescente envolvido em assalto à lotérica

Concórdia – A Quarta Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado manteve a aplicação da medida socioeducativa de semiliberdade para o adolescente envolvido em assalto à casa lotérica em Concórdia. O crime ocorreu em 28 de novembro de 2014 na lotérica Menegatti, localizada na rua 29 de Julho. Tanto defesa do adolescente quanto o Ministério Público entraram com recurso no TJ. A defesa pedindo a internação, além da reavaliação da medida em período inferior a seis meses, e o MP alguns ajustes baseados no Estatuto da Criança e do Adolescente. Os desembargadores entenderam que a aplicação da medida socioeducativa de semiliberdade ao adolescente que participou do roubo procura inibir novas práticas sem excluí-lo do convívio social. A estipulação do prazo de seis meses para a reavaliação da semiliberdade teve em vista a gravidade da ação e as condições pessoais do adolescente a quem, inclusive, já foi imposta outra medida socioeducativa de prestação de serviços à comunidade.
Dois adultos participaram da ação. Eles, a justiça de Concórdia condenou à pena de sete anos e cinco meses de cadeia para Cleverson Mateus da Silva e Tiago Venite da Silva. Cleverson e um menor de idade chegaram ao estabelecimento comercial armados com revólver e roubaram dinheiro de clientes do estabelecimento. Na fuga, eles utilizaram um veículo Chevette, que foi abordado mais tarde na região do Bairro Flamengo com dois ocupantes. Logo mais tarde, no Bairro Santa Rita, os outros dois foram abordados e todos conduzidos para a Delegacia. A arma utilizada no assalto não foi localizada. Uma professora teve R$ 2 mil levados pelos criminosos. Os dois foram condenados por assalto e corrupção de menores, uma vez que dois dos envolvidos tinham menos de 18 anos.
 

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta