Ao vivo Rádio Atual FM
20.6 C
Concórdia

Transporte de cargas demonstra indignação com reajuste nos preços dos combustíveis

Concórdia – O SETCOM (Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas do Oeste e Meio Oeste Catarinense) manifestou profunda preocupação diante dos anúncios de reajuste nos preços dos combustíveis pela Petrobras.
A partir de hoje (16), o litro da gasolina terá um aumento de R$ 0,41, enquanto o diesel sofrerá uma alta de R$ 0,78 em todo o território nacional.
O presidente da entidade, Ederson Vendrame, enfatizou a gravidade da situação quando se trata dos custos para o setor de transporte de cargas. Ele alertou que esses aumentos terão um impacto significativo nos gastos das empresas de logística em todo o país, sobretudo com o combustível.
“Estamos extremamente preocupados, pois quem acaba arcando com essa conta é a população. Nesse contexto, seremos forçados a buscar um ajuste nos contratos de frete para mitigar as perdas. As operações logísticas e de transporte já estavam em um limite delicado, e esse novo aumento certamente irá agravar ainda mais a situação.”
O impacto dessa medida anunciada pela Petrobras será sentido ao longo de toda a cadeia produtiva, refletindo nos preços de diversos setores, desde supermercados até produtos farmacêuticos.
“Nossa apreensão é considerável diante dos reflexos que esse reajuste provocará em todo o país. É um desafio que afeta diretamente a economia e a vida das pessoas”, concluiu Vendrame.
O SETCOM reforça sua posição em busca de soluções para minimizar os efeitos desses aumentos nos custos operacionais e nos preços ao consumidor final. A entidade continua acompanhando de perto a situação e buscando alternativas para mitigar o impacto sobre as empresas e a população em geral.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta