Ao vivo Rádio Atual FM
10.9 C
Concórdia

Trio é condenado por tráfico de drogas sintéticas em casa noturna da cidade de Joaçaba

Joaçaba – Mais três pessoas foram condenadas nesta semana pela Justiça da Comarca de Joaçaba pelo crime de tráfico e associação para o tráfico de drogas. Conforme a decisão assinada pelo juiz Marcio Umberto Bragaglia, se somadas as penas passam de 20 anos de cadeia. De acordo com a sentença, Lidiane Aline Borges Shcolze terá que cumprir 10 anos e 10 meses de cadeia; Ketelin de Almeida da Silva terá que cumprir 6 anos e 10 meses de cadeia; e Luiz Fernando Mattos terá que cumprir 4 anos e 10 meses de cadeia.
Consta na denúncia que em novembro e dezembro do ano passado Ketelin e Lidiane se associaram para a prática de tráfico em Santa Catarina e no Paraná. As duas se dirigiram da região de Curitiba até Joaçaba, para uma casa noturna, transportando 21 comprimidos de ecstasy, 36 micropontos de LSD, 1.30 gramas de “Space Key” e 3.10 gramas de ecstasy em pó. As duas confessaram que estavam vendendo drogas no local e delataram também o réu Luiz Fernando. Com ele, os policiais encontraram 19 comprimidos de ecstasy. Os três vão cumprir pena no regime inicial fechado e não tiveram o direito de recorrer em liberdade da decisão. Como a pena é de primeira instância ainda cade recurso junto ao TJSC.
 

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta