Ao vivo Rádio Atual FM
21.1 C
Concórdia

Vereador Comassetto se posiciona a favor da Lei de Incentivo as empresas após vídeos polêmicos nas redes sociais

Concórdia – O vereador Vilmar Comassetto se manifestou nas últimas horas em sessão da Câmara de Vereadores de Concórdia se posicionando favorável a Lei de Incentivo para empresários do Município.

Nas últimas semanas, um vídeo gravado por um profissional da comunicação, não morador de Concórdia, circulou pelas redes sociais criticando o posicionamento das autoridades em que concederam incentivos fiscais as empresas supermercadistas que realizaram recentemente investimentos no Município.

A crítica era mais voltada ao Executivo Municipal.

Comassetto reitera que as informações desencontradas podem levar a população ao entendimento equivocado sobre a tal situação. Por isso, ele acredita ser importante informar a comunidade que todas as empresas que fazem investimentos podem buscar esse incentivo junto ao Executivo Municipal.

Além disso, o Projeto de Incentivo visa garantir que empresas possam se instalar junto ao Município para gerar empregos e retorno em impostos. A decisão de garantir ou não o incentivo a determinadas empresas deve ter como base a Lei Municipal que foi aprovada há alguns anos pela própria Câmara de Vereadores de Concórdia.

Comassetto citou que quando Prefeito em Ipira o grande desafio era buscar a instalação de empresas no Município visando gerar emprego e renda para a comunidade. Nesse sentido, reitera que não é só Concórdia que possuiu Lei de Incentivo, mas várias cidades da região tem a mesma iniciativa visando dar condição para a instalação de novos empreendimentos.

O vereador Vilmar Comassetto também esclareceu que o Projeto de Lei garantindo incentivo aos empresários que se enquadram nos critérios estabelecidos também são avaliados pela Câmara de Vereadores e aprovados ou não dependendo do entendimento dos parlamentares.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta