Ao vivo Rádio Atual FM
6.3 C
Concórdia

EXCLUSIVO: mulher assassinada no bairro Petrópolis estava grávida e foi alvejada por dois tiros

Concórdia – O jornalismo da Atual FM apurou nas últimas horas, com EXCLUSIVIDADE, que a jovem de 21 anos assassinada pelo ex-companheiro na noite de domingo, dia 16, no bairro Petrópolis, estava grávida.

Na noite do crime, essa informação circulou entre algumas pessoas presentes no local, mas não houve confirmação oficial imediata.

A apuração da equipe da Atual FM revela que a vítima de feminicídio estava no início da gestação. Ela foi assassinada pelo ex-companheiro com pelo menos dois disparos de arma de fogo em via pública.

O autor do crime está preso no Presídio Regional de Concórdia.

Os laudos oficiais que confirmarão a informação sobre a gravidez e fornecerão detalhes adicionais sobre o caso serão entregues à Polícia Civil nos próximos dias. A documentação será anexada ao inquérito em andamento que apura o caso.

MAIS INFORMAÇÕES:

* Mulher é assassinada no bairro Petrópolis em Concórdia e suspeito é preso pela PM
* Vítima já havia sido ameaçada de morte pelo companheiro, diz mãe
* Crime bárbaro: Homem assassinou mulher com a filha do casal no colo
* Autor disse “concluiria plano” de matar homem se fosse colocado em liberdade

O CRIME

O assassinato ocorreu por volta das 22h. O autor do crime estava no local quando a mulher em via pública foi atingida. Ela morreu no local. A filha do casal de apenas seis meses de vida depois do crime foi levada até a casa da mãe da jovem morta.

O próprio pai, depois de executar a ex-companheira entregou a filha aos familiares dela que moravam próximo ao local.

Ele fugiu do local e depois foi preso pela Polícia Militar com a arma do crime andando em via pública. Ele é da Bahia e ela veio há alguns anos de Palmas no Paraná para morar e trabalhar em Concórdia.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta