Ao vivo Rádio Atual FM
11.7 C
Concórdia

Idoso encontrado morto teria saído para mostrar terra a suposto comprador, diz filho

Ponte Serrada – O idoso que foi encontrado morto e enterrado em uma plantação de pinus, na tarde desta segunda-feira, dia 15, no interior de Ponte Serrada, no Oeste catarinense, havia saído de casa para mostrar propriedade para um suposto comprador, informou um dos filhos.

A vítima Valdemar Dias, de 76 anos, residia com o filho em Coronel Freitas, também no Oeste, mas possuía terras na Linha Alegre, interior do município ponteserradense. Ele, inclusive, foi proprietário de uma loja de roupas chamada Barateira, que ficava no Centro da cidade há alguns anos.

Conforme o filho, Valdemar almoçou com a nora e a neta, na última sexta-feira, dia 12, e saiu de casa por volta das 13 horas, dizendo que levaria o suposto comprador até as terras na cidade vizinha. Depois disso, o homem não deu mais notícias.

A caminhonete SW4 que Valdemar dirigia foi encontrada abandonada na Sede Figueira, interior de Chapecó, na noite de sexta-feira.

Ainda segundo o filho, o pai mencionou sobre o comprador das terras ainda na noite de quinta-feira, dia 11. Como era comum o pai receber propostas, não questionou sobre quem seria o interessado. O filho também desconhece desavenças que Valdemar poderia ter.

O corpo foi encontrado na tarde desta segunda-feira, enterrado em uma plantação de pinus, no interior de Ponte Serrada, nas terras que pertenciam a ele. Segundo a Polícia Civil, a vítima apresentava perfurações no corpo, provavelmente marcas de facada.

As investigações são conduzidas pela DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Chapecó.(Oeste Mais)

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta