Ao vivo Rádio Atual FM
8.5 C
Concórdia

Superintendente da Cultura de Concórdia se envolve em discussão polêmica pelo Facebook

Concórdia – O superintendente da Fundação Municipal de Cultura, Júlio Gomes, recém empossado, se envolveu em uma discussão polêmica pelas redes sociais durante essa semana após a publicação de um texto em sua conta particular no Facebook. Gomes assumiu o cargo há poucos dias e em sua conta escreveu um texto que “ofendeu”, inclusive o ex-superintendente Gilmar Monticeli.
Disse Júlio Gomes: “É preciso ter cuidado ao adentrar um campo antes dominado por exército inimigo, ao retirar-se do teatro de operações, quase sempre os derrotados deixam o campo minado com inúmeras armadilhas”.
Foram várias curtidas e muitos comentários na postagem. Em um dos comentários de seguidor a afirmação é de que “não podemos fazer das armadilhas do inimigo a desculpa para esconder nossa falta de coragem e ousadia. É preciso lançar-se sobre o trabalho e efetivar a conquista”.
Outro seguidor diz que gosta do trabalho de Júlio Gomes, mas lembra que ele (Júlio) “já fez parte do antigo exército e conhece os dois lados por dentro”, se referindo ainda a gestão do Partido dos Trabalhadores.
Em outro comentário um seguidor diz:

“Minha opinião é de que um bom começo também é não tratar as pessoas de outros partidos como inimigos, mesmo porque em outros partidos desta cidade existem pessoas que podem te ajudar. O povo brasileiro quer mudanças também nesse aspecto. Vemos frequentemente os políticos brasileiros digladiando-se por causa de mesquinharias e interesses puramente próprios, enquanto o país fica à deriva. Sendo assim, é o que eu penso, vamos todos pensar com grandeza, pensar diferente, ocupando-nos para uma cidade cada vez melhor, para um país melhor. Se todos nós conseguíssemos isto os mal intencionados ficariam naturalmente excluídos”.

Já o ex-superintendente da Fundação Municipal de Cultura, Gilmar Monticeli, foi o mais ofendido com as colocações de Júlio Gomes. Disse que o comentário é “horrível, descabido, inapropriado e chulo”. Em sua posição, Monticeli diz:

“Hora de trabalhar como muitos o fizeram. Mostrar a que veio. Hora de suar e dar graças a Deus de receber uma cidade com gestão campeã. Na área de Cultura, nem precisa criar nada, apenas fazer o que vinha sendo feito e já está bom. Agora, se a dor for demais…”

Em uma nova postagem pelo Facebook, Júlio Gomes fez esclarecimentos. “Amigos não me interpretem mal, apenas digitei um texto para reflexão, isso não é nada pessoal. É apenas uma reflexão, não vamos fazer tempestade em copo d’água. Mas já quero deixar claro que eu sou a água não a tempestade, para não haver controvérsias.”
Um novo seguidor voltou a comentar: “Use a rede social para postar seus objetivos para o bom desenvolvimento cultural da nossa Terra e todos ficaremos contentes. Cuide, para que: “A emenda, não fique pior do que o soneto!”.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta