Ao vivo Rádio Atual FM
22.9 C
Concórdia

MPSC lamenta suspensão do júri dos irmãos Culimann em Seara

Seara – O Ministério Público de Seara considerou lamentável a suspensão da sessão do tribunal popular do júri dos irmãos Luiz e Jonas Culimann pela não presença do advogado de defesa, Wilson de Souza. O promotor público, Michel Stechinski, afirma que uma nova data será marcada para que o julgamento seja realizado.
Ele afirma que toda a estrutura do judiciário trabalhou para realização do julgamento que não ocorreu por decisão do advogado de defesa que não compareceu na sessão. Os irmãos Culimann seriam julgados por homicídio, crime que ocorreu em 2007.
No primeiro júri os dois foram absolvidos, porém a justiça determinou um novo julgamento. O advogado de defesa alegou que a preocupação está relacionada com a imparcialidade do júri que poderia ficar comprometida.

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta