Ao vivo Rádio Atual FM
7.2 C
Concórdia

Bombeiros encontram corpo de jovem desaparecida no Rio do Peixe, em Capinzal

Capinzal – O Corpo de Bombeiros encontrou pouco depois das 15 horas deste domingo (17), o corpo da jovem Dhara Correia, de 18 anos, que estava desaparecida desde a manhã de sábado (16) nas águas do Rio do Peixe, na região de Linha Savóia, interior de Capinzal.

O Comandante da 3ª Companhia do Corpo de Bombeiros de Capinzal, tenente Robson Fermiano, contou que o corpo da jovem foi encontrado cerca de 500 metros da antiga barragem.

O corpo estava na margem esquerda do rio, numa corredeira e local raso, com pedras, tendo ficado enroscado. Estava distante cerca de um quilômetro de onde teria sido vista pela última vez.

Policiais militares e civis estiveram no local e a equipe da Polícia Científica que fez o recolhimento do corpo da jovem que foi encaminhado para necrópia. Antes disso, familiares fizeram o reconhecimento.

Dhara residia no Loteamento São João, em Capinzal, e deixa um filho de dois anos.

Relembre

Os Bombeiros foram acionados às 10h15min de sábado para atender o possível afogamento no Rio do Peixe, na região de Linha Savóia, no interior de Capinzal. No local estavam três pessoas, dois homens e uma mulher, que relataram ter estado com a jovem desde as quatro horas da manhã, nas margens do rio.

Segundo os relatos dos amigos, por volta das 8 horas, Dhara teria ido mais próximo do rio para urinar e, pouco depois, teriam ouvido o som dela entrando na água. Após alertarem a jovem para sair, perceberam que ela não estava mais visível. Antes de acionar o socorro, os amigos realizaram buscas pelas margens do rio, sem sucesso na localização.

Os Bombeiros encerraram as buscas às 18h30min, após os esforços das equipes de resgate, que incluíram buscas superficiais e aquáticas, além da utilização de uma embarcação. Durante os trabalhos, foi encontrado um tênis, que segundo familiares, pertencia à jovem. Ele estava nas margens do rio, abaixo do ponto onde foi avistada pela última vez.

Os mergulhadores, Soldado Luciano de Joaçaba e Soldado Tsuna de Capinzal, iniciaram as buscas aquáticas por volta das 16 horas, porém, não obtiveram sucesso na localização.

A operação foi acompanhada de perto por familiares da jovem, residentes no Loteamento São João, incluindo o pai, que afirmou conhecer o local devido a terem se reunido em outras oportunidades. Uma tia relatou que Dhara já havia ficado sem dar notícias por até cinco dias em ocasiões anteriores, mas sempre retornava. A Polícia Civil já está acompanhando o caso.

Capinzal FM

Participe da comunidade no Whatsapp da Atual FM e receba as principais notícias do Oeste Catarinense na palma da sua mão.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Notícias Relacionadas

Em Alta